top of page

SOS PARA A QUINTA DOS INGLESES NO DIA MUNDIAL DA TERRA


No passado dia 22 de abril, Dia Mundial da Terra, a Associação SOS Quinta dos Ingleses lançou mais um apelo para a preservação deste ecossistema, de 52 hectares de denso arvoredo, único pulmão da linha de Cascais, que garante a existência da maior praia desta costa — a Praia de Carcavelos —, ambos ameaçados pela megaconstrução projetada para a Quinta dos Ingleses.

A SOS Quinta dos Ingleses assinalou este Dia Mundial da Terra com um desenho de grandes dimensões no areal da Praia de Carcavelos. Como todos os eventos promovidos pela Associação, o objetivo foi sensibilizar as entidades decisoras para a necessidade de conservar este importante património ambiental da linha de Cascais, incluindo a internacionalmente reconhecida Praia de Carcavelos.


De facto, é a arborização da Quinta dos Ingleses, frente à Praia de Carcavelos, que preserva o extenso areal e, compondo a paisagem que se vê da beira-mar, modela os ventos que criam as ondas para o surf. Sem o bosque da Quinta dos Ingleses e com a impermeabilização dos terrenos devido à construção, a Praia de Carcavelos não existiria como a conhecemos, tal como já se verifica noutras praias da costa de Cascais, que têm vindo a registar uma grande redução do areal.

Segundo um recente inquérito, levado a cabo pela SOS Quinta dos Ingleses, cujos resultados foram recentemente divulgados, a maioria da população que utiliza aquele espaço para atividades de lazer, incluindo visitantes de concelhos adjacentes, defende que aquela Quinta se transforme num cuidado Parque Urbano, recorrendo a fundos comunitários, existentes para o efeito.

Comentários


bottom of page